Sou da direita ou da esquerda?

O domingo estive almoçando na casa de uma de minhas filhas. Normalmente tento evitar falar sobre política ou educação das minhas netas, mas como sempre, não consigo resistir a uma provocação. Sintetizando, no retorno à minha casa, umas duas horas de carro, fiquei meditando sobre o tema política, principalmente sobre duas afirmações do meu genro:

  1. Temos posições diferentes, você é da direita.
  2. Eu e você concordamos em várias coisas, mas não na pessoa escolhida.

Para mim, duas frases contraditórias, por isso fiquei pensando, por que não faço uma lista das coisas nas quais acredito e vejo se são pensamentos ou conceitos da esquerda ou da direita.

  • Acredito piamente que os mais fortes devem ajudar os mais fracos, nunca se aproveitar deles. (Deveria ser um propósito da esquerda e da direita, ou não?)
  • Aboliria o conceito de herança, quando alguém morresse todo o dinheiro iria para um fundo que financiaria os estudos de todo jovem que quisesse estudar. (Conceito esquerdista?)
  • Acredito que as prisões devem ser centros de reabilitação e não centros educativos para criminosos. (Direita ou esquerda? Bom senso?)
  • Acredito nos direitos humanos tanto das pessoas que cometem infrações, como de suas vítimas. (Tratamento igualitário será um conceito da esquerda ou da direita ou de justiça?)
  • Acredito numa estrutura de estado competitiva com a iniciativa privada. (esquerda ou direita?)
  • Não acredito na existência de uma sociedade totalmente orientada a empresa privada, nem dominada por uma máquina estatal. (Coluna do meio?)
  • Acredito profundamente na capacidade do indivíduo, não na massificação dos seres humanos. (Conceito esquerda ou direita?)
  • Acredito que cada ser humano é diferente e com capacidades distintas, e que o sistema deve equacionar a igualdade de oportunidades de acordo com o potencial e as limitações de cada um. (Esquerda ou direita?)
  • A função do estado é de equilibrar as características dos indivíduos que trabalham e/ou fazem parte do povo. (Esquerda ou direita?)
  • Os corruptos devem ser condenados e não podem ficar impunes. (Justiça?)
  • Os estupradores deveriam ser castigados de acordo a pena estipulada pelas suas vítimas. (Muita justiça?)
  • A Ética é a pedra fundamental de todo relacionamento humano. (Utopia?)
  • Política é à Arte de governar, não de mentir ou manipular as pessoas. (Utopia?)
  • O plebiscito constante deveria ser parte do sistema de governo.  (Esquerda ou Direita?

Então caro leitor, sou uma pessoa de esquerda ou de direita? E você?

4 Comments

  1. Mesquita said:

    Caro Professor, nem tudo é um problema de direita, esquerda ou de centro. Tem mais a ver com a lógica, coerência e o bom senso. Cada caso é um caso. Uma família em que o casal tem cada um noventa anos e mais de sessenta de casados, com seis filhos adultos, um dos filhos decidiu recorrer ao judiciário para que os filhos, cada um pensando de uma forma, tenham orientação e obrigações no trato com os velhos pais uma vez que cada um tem pensamento diferente entre eles. Creio ser esse o caminho quando existem divergências que podem trazer prejuízos a cada um dos envolvidos ou aos que são o centro da questão.

    16 de outubro de 2020
    Reply
    • Tá certo meu amigo. Existem situações ou as vezes pessoas que somente nos permitem recorrer à justiça. O problema é quando à justiça não cumpre seu papel, como nosso velho amigo José Mário Bandeira Guimarães falava: Justiça que não chega a tempo ou requer dinheiro para acioná-la, não é justiça.
      Um grande abraço.
      Seu irmão de sempre.
      Ricardo

      16 de outubro de 2020
      Reply
  2. Robson said:

    Salve, Ricardo!

    Parabéns pelo texto.

    Tenho alguns pensamentos ditos de esquerda outros ditos de direita .

    Acho que as pessoas podem ter as suas ideologias, mas não podem deixar de ser civilizadas.

    Respeito ao próximo é um requisito mínimo de bom convívio em sociedade.

    Um abraço.

    15 de outubro de 2020
    Reply
    • Caro amigo: Acredito que as pessoas têm perdido o rumo. Querem tomar partido da direita ou da esquerda, atribuindo tudo de bom aquele lado que tem escolhido e tudo de ruim ao outro lado, quando na verdade o único partido válido é o dos valores.
      Isto demonstra a falta de ensinar o espírito crítico ao nosso povo.
      UM abraço.
      Ricardo

      16 de outubro de 2020
      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.